Seguidores

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Conspiração: saiba o provável verdadeiro motivo da retirada do MegaUpload do ar!

Dica de @HQ_Man
Na quinta passada, a internet viu um evento incrível: o FBI derrubou o MegaUpload, e gerou uma cyber-guerra. De acordo com o Birô de Investigação Federal dos EUA, sete membros do site estavam envolvidos não só com alta pirataria, mas também com lavagem de dinheiro. Na época, tudo parecia realmente ter tudo a ver com pirataria. Mas de acordo com o criador do site, o motivo é bem diferente.
Desde sempre, usuários colocam episódios de seriados, filmes e músicas no site para compartilhar com os outros, o que enquadra em compartilhamento ilegal. O uso legítimo existe, é claro. Mas a atenção sempre vai para o pior. Mesmo assim, a retirada do MegaUpload do ar teria sido por uma verdadeira revolução na forma da venda e distribuição de músicas online.
…flashback…
Ao mesmo tempo em que a Universal Music Group exigiu a retirada do site do ar, por causa de um vídeo onde vários artistas apoiavam e diziam que usavam o serviço (isso ainda em dezembro, antes da explosão do SOPAe afins), o MegaUpload estava prestes a lançar o MegaBox.
O que é “MegaBox”? Era uma iniciativa de permitir que os músicos e artistas musicais vendessem suas obrasdiretamente para o consumidor. 90% do valor de venda iria diretamente para os artistas. Alguns dos parceiros confirmados incluíam o Gracenote e a Amazon.

E ele iria mais além: o serviço planejaria pagar os artistas pelas músicas, mas disponibilizar várias delas gratuitamente para os usuários. O fundador do MU Kim “Dotcom” Schmitz disse ao TorrentFreak o seguinte, em dezembro:
“O Universal Music Group sabe que nós vamos competir com eles através de nossa nova empreitada chamada Megabox.com, que em breve vai permitir aos artistas a venda direta aos consumidores, enquanto mantém 90% do lucro.”
“Nós temos uma solução chamada a Megakey (Megachave), que irá permitir aos artistas a receber lucro de usuários que baixarão músicas de graça. É isso mesmo, vamos pagar os artistas até mesmo por downloads gratuitos. O modelo de negócio da Megakey foi testada com mais de um milhão de usuários, e funciona!”

E agora? Será que a retirada do MegaUpload pelo FBI (que agora está retirando e ameaçando outros sites de compartilhamento) foi mandada por um gigantesco lobby das gravadoras? Será estamos perdendo a chance de ver algo que revolucione ainda mais o sistema de distribuição de músicas no mundo?
Via IHeartChaos

seja o primeiro a comentar!

Se você deixar o e-mail poderá ser avisado sobre atualizações!!